Entendemos engajamento como a ligação afetiva do colaborador com a empresa. Para que a ligação afetiva do colaborador com a empresa seja positiva, é importante que o contexto promova sentimentos positivos. Utilizando a referência da pirâmide de Maslow, será essencial que a empresa apresente condições de suportar a segunda necessidade básica do ser humano: a segurança.


Melhores práticas identificadas


  • Conduta da gestão/liderança

Quando pensamos no sentimento de segurança e confiança do colaborador na empresa, necessariamente passamos pela importância da conduta dos líderes: suas ações poderão fortalecer a cultura humanizada e acolhedora ou prejudicá-la. 


 "Tive um problema recentemente aonde precisei me ausentar durante uma semana. Neste período, meu gestor não só foi compreensivo comigo como demonstrou bastante preocupação na resolução do meu problema. Nota 10."

 "Sim, é feita uma comunicação com os líderes da área, para que seja feita o remanejamento das tarefas durante a ausência de um colaborador."

"Recentemente passei por um momento bastante delicado e minha supervisora se dispôs sempre a me ajudar e entender o que estava acontecendo, se colocando no meu lugar e entendendo o que eu estava passando"

"Nunca vivi tal situação para responder com propriedade, acredito que sim, mas só vivendo para ter certeza. Depende muito da liderança direta respeitar o momento."


  • Transparência e registro dos processos

A empresa não pode e nem deve ser prejudicada por problemas pessoais dos colaboradores. Portanto, para que seja possível dar o acolhimento e suporte necessário, será importante ter documentado processos e rotinas para que haja a continuidade dos trabalhos desempenhados.


"Todos da equipe estão alinhados nas tarefas, sabem onde buscar informação, qual status e próximo passo."

"Sim, creio que a adequação não seria da empresa em si, mas das pessoas que fazem parte da equipe as quais são preparadas e orientadas para atuar no caso de uma falta. Os assuntos de todas as áreas da operação são compartilhados entre elas, o que facilita muito a gestão."

"Senti muita diferença do meu trabalho anterior em relação a este tópico. A empresa super conseguiu se adaptar a um momento de saúde e férias, por exemplo. As equipes estão cientes dos assuntos como um todo e os coordenadores conseguem auxiliar na busca de uma solução."

"Todo meu trabalho está muito alinhado com todos, sendo assim, poderia me ausentar sem prejudicar o andamento das atividades da equipe."

"Sim! Nos reunimos(online haha) toda semana para alinharmos o andamento das tarefas e principalmente projetos. E também contamos com o relatório de status report, aonde podemos alimentar com as novidades sobre o cliente, dando um ponto de partida para quem pegar o famoso "bonde andando" caso, de repente percamos alguns dias para ficarmos 100%."


  • Cultura de valorização da empatia

Levando em consideração o fator humano das relações, a empatia incentiva a colaboração entre a equipe, fortalece conexões e favorece a manutenção das atividades mesmo com a ausência de colaboradores.


"Houve momentos nos quais a minha saúde mental precisou de um pouco mais de atenção no ano que passou - quem não, né? Haha - e todas as vezes, além do ambiente seguro de troca com o meu gestor e também da [Área], recebi suporte e tempo para me cuidar. Isso faz uma diferença gigantesca, pois independentemente do qual tipo de dor que estou passando, sei que a [Empresa] vai tomar as medidas necessárias para eu me recuperar com tranquilidade e meu trabalho não será afetado."

"Sim, a visão da gestão e diretoria nesse sentido, proporciona tranquilidade para a equipe. Considero essa empatia da gestão e da diretoria uma característica muito forte e especial da [Empresa]"

"Com certeza! A empatia é um ponto muito forte da [Empresa], e é importantíssima nesse caso. Todos se ajudam no que for possível, ainda mais se alguém está com algum problema."

"Tive um problema de gripe e pressão alta desde que entrei na empresa e recebi todo o apoio possível. Chegaram inclusive a me ligar para ver como poderiam me auxiliar. Não foi nada sério, mas devido a pandemia qualquer coisa nos assusta, porém a [Empresa] me auxiliou."

"Acredito que sim, pelos exemplos que já vi com outros colegas, bem como devido a humidade que vejo advinda da equipe de Gestão de Pessoas e de meu gerente."



Sentimentos identificados


A empresa transmitir a preocupação com os colaboradores gera um sentimento de tranquilidade e segurança

"Dos momentos nos quais não estive bem - quem esteve durante esse período de quarentena, né?! - recebi total suporte do meu gestor direto e da área de People. Além do espaço seguro para a troca de como estava me sentindo. Houve momentos nos quais precisei me afastar das atividades do dia a dia e foi até sugestão do meu líder, visando meu bem estar e recuperação. Logo, nota-se que temos uma cultura de estar preocupade com as pessoas, então caso eu tenha qualquer situação na qual precisar me afastar, sei que a [Empresa] vai me dar o suporte necessário."

"Mesmo com pouco tempo de [Empresa], acredito que a empresa estaria do meu lado sim. São nos detalhes que percebemos isso e a [Empresa] tem se mostrado diferente e isso me leva a acreditar que em um período de necessidade, a empresa se adequaria sim, mas claro que respeitando as necessidades de cada lado."



Considerando o volume de atividades, o colaborador pode sentir que a equipe não conseguiria absorver as suas funções

"Entendo que a empresa se adequaria normalmente. Por outro lado acredito que minha área teria dificuldades de se adaptar dado a redução de headcount que sofremos devido a pandemia. Seriam muitas atividades em apenas 1 pessoa."

"Sinto que posso me ausentar para tratamentos e ou questões pessoais, mas ciente de que o time sofreria com a ausência. Um período curto seria mais adaptável que um tratamento longo. Sempre sinto que ausências causam muito impacto na empresa."

"Acredito que, neste momento, pelo fato de não termos outros recursos para cobrir (apenas eu), seria complicado a empresa se adequar nesse sentido. A não ser que houvesse um alinhamento entre a empresa e o cliente."

"No momento minha equipe não consegue absorver as atividades da área. Desde o início do ano estamos com atividades de repasse e alinhamento de conhecimento para resolver este problema e implementando algumas mudanças na área. Esperamos resolver esta pendência o quanto antes."