O mundo corporativo exige atenção constante à produtividade e desempenho, portanto, buscar alternativas para melhorar performance faz parte da tarefa básica de qualquer gestão.

O trabalho com metas permite clareza no objetivo a ser alcançado e auxilia na identificação do caminho a ser percorrido. Como disse Lewis Carroll em Alice no País das Maravilhas: “Se você não sabe onde quer ir, qualquer caminho serve”.


Melhores práticas identificadas

  • Acesso às metas

Dar visibilidade às metas acordadas para que as pessoas colaboradoras consigam compreender qual é a "linha de chegada".


Sim. “Acho que as metas precisam ser melhor divulgadas para todos colaboradores” 

Sim. “Sim, apresentam o resultado e projeções futuras em reuniões com todo mundo da empresa.” 

Sim. “Todas as reuniões falamos sobre metas, super importante deixar claro para todos da empresa” 

Sim. "Sim, possui metas claras. Talvez possa melhorar na divulgação dessas metas e objetivos por unidades de negócio, buscando engajamento dos colaboradores." 

Não. “Nem um pouco claras. Onde estão localizadas as informações sobre essas metas?”

Não. “Não são divulgadas em um esquema de comunicação periódico.” 

Não. “Acredito que teria mais clareza se tivessemos encontros de resultados, soubessemos novos projetos, pois daí sim, poderíamos pensar em caminhar junto com a meta da empresa.” 

Não. “Não há informativos sobre as metas comerciais, de produção e outras para os colaboradores. Antes tínhamos acesso às metas, sabíamos se ela havia sido batida ou não.. Hoje não existe esse repasse de informação.” 


  • Ramificação em metas micro

O distanciamento das metas organizacionais podem dificultar a aplicação na prática, portanto, traduzir em ramificação permitirá maior efetividade e clareza para o dia a dia. Com o cascateamento dessas metas gerais para todos os níveis, as pessoas colaboradoras conseguem ter maior visibilidade dos seus objetivos individuais.


Sim. “No cenário macro temos bem alinhado nossas metas e onde queremos chegar, do ponto de vista sistêmico ainda precisamos melhorar a definição de metas que tenham mais de uma área envolvida, para que cada uma possa contribuir da melhor maneira” 

Sim. “A empresa faz um trabalho ótimo mostrando aos colaboradores quais são as metas [da Empresa] e também quais devem ser as metas de cada um dentro da empresa.” 

Não. “Metas macro sim. Mas metas individuais claras, alinhadas com cada pessoa e com o time não tem.” 

Não. “A empresa tem 3 grandes metas claras, porém não tem a distribuição dessas metas para todos os níveis. Penso que devemos ter metas em todos os níveis mais claras e objetivas, pois é uma forma de levarmos toda a empresa ao mesmo objetivo, além de ser uma ferramenta para avaliação de resultados.” 

Não. “As metas de venda são claras, mas de produtividade, envio das informações dentro cronograma e redução de custos, por exemplo, não são compartilhadas.” 

Não. “As metas macro talvez sejam claras mas faltam metas micro.”


  • Metodologia e clareza na definição de metas

Existem algumas metodologias que ajudam na construção e disseminação das metas dentro das organizações. Algumas empresas utilizam, por exemplo, OKR's, estabelecendo não só metas gerais, mas também dentro dos times. Sugerimos pesquisar para entender qual a metodologia adequada para a realidade da sua empresa e time.


Sim. “Especialmente com as definições de OKRs agora, isso deixou bem claro pra onde estamos indo e o que de fato importa para ser alcançado.” 

Sim. “Depois da organização do método de OKR's, acredito que ajudou a [Empresa] a ter metas mais claras” 

Sim. “Gestão por OKRs tem ajudado muito na clareza das metas e acompanhamento de ciclos curtos.” 

Não. “Diria que sim e não. A estratégia da empresa de maneira macro e a longo prazo está claríssima. Mas acho que poderia haver por exemplo um melhor uso do framework de OKRs para trazer para a realidade do dia a dia dos times as grandes metas estratégicas e dessa forma alinhar o trabalho feito nas áreas com a estratégia da empresa.”

Sim. “Definições de OKR para a empresa e a total transparências com todos  do time”

Sim. “sim, com os objetivos bem definidos nos OKRs e os acompanhamentos, ficam mais claras as metas.”


Sentimentos identificados


Ter um acompanhamento periódico das metas, tirando os objetivos do papel

Sim. “No último semestre foi repassado pelo Coordenador a meta a ser atingida, e feito um acompanhamento de como estava sendo conduzida pelos gestores. Como sugestão para o próximo semestre foi levantado pela equipes metas comuns, para termos grande êxito nas entregas dos objetivos!” 

Sim. “As metas são claras, porém o acompanhamento diário dos resultados é falho, devido a ausência de dados.” 

Sim. “Sim, temos reuniões constantes e muita transparência das lideranças sobre como queremos conduzir isso, até porque todos são beneficiados e recompensados proporcionalmente, atingindo e até superando as metas.”

Não. “Falta acompanhamento e atualização constantes das metas da empresa para todos os níveis.”

Sim. “Hoje em dia as metas de entregas estão bem mais claras, os acompanhamentos trimestrais ajudam no entendimento do desempenho de cada uma delas.”

Sim. “de forma geral, sim. Mas nao é algo que acompanhamos diariamente”


Ter metas é algo muito importante, principalmente quando conseguimos traduzir para o dia a dia das pessoas. Isso gera um sentimento de "Pertencer".


Sim. “Muito feliz com a nova atribuição de novas metas e com recompensa por elas”

Sim. “Pelo menos para mim, as metas foram bem esclarecidas desde o inicio. Que é o crescimento exponencial da empresa, e exatamente esse fator que casou tão bem com a minha contratação, porque minhas metas são as mesmas.”

Sim. “Pelo que observo, a empresa busca deixar o mais explícito possível os objetivos a longo, médio e curto prazo, sendo clara nas metas que cada área e pessoa precisa atingir para isso. É muito legal termos a sensação de que estamos caminhando e colaborando para um futuro de sucesso, e isso só é possível quando recebemos informações com sinceridade, como é feito.” 

Sim. “Sim, a empresa tem metas claras e sempre compartilha com nós colaboradores. Dessa maneira, aumenta nosso sentimento de dono.”

Sim. “As metas são claras, mas pouco detalhadas para entendimento melhor do porquê ela existe. Ao definir no planejamento estratégico um objetivo para a TI, não recebemos um embasamento pra entender a decisão. Se aquele objetivo tem como meta gerar mais receita, ou se é um posicionamento da marca, ou se é para redução de custo. Talvez se descreverem no objetivo o racional para escolha daquela meta, as pessoas que executarão as ações para atingimento do mesmo ficarão mais engajadas e com sensação de pertencimento.”


Mudança de estratégia/meta sem planejamento evidente

Sim. “Na prática consigo enxergar que a empresa esclarece bem suas metas e gostaria de que o planejamento da contribuição de cada time para o alcance da meta chegasse com um pouco mais de antecedência, para que os times tenham condições ainda melhores  de se executar um bom trabalho alinhado às expectativas."

Sim. "As que tenho conhecimento sim, mas acho que algumas são passadas muito em cima da hora dando a sensação que desorganização."

Não. "Não, a empresa não trabalha com planejamento estratégico, não existe processos e metas claras. Existe falta de comunicação entre áreas e as coisas mudam o tempo todo de uma hora pra outra."

Não. “Acredito que por estarmos ainda no início da empresa, as metas não são alinhadas corretamente entre os times, acabam aparecendo nas últimas semanas de OKR como urgência somente para batê-las. Espero que isso melhore no novo OKR.” 

Sim. “Agora com os OKR's nós temos uma visão mais claras das metais gerais. Porém um dos grandes problemas da empresa é realmente a definição de estratégia, ou até a mudança repentina dessas estratégias.”

Sim. “As do semestre atual são claras, mas a do seguinte são sempre uma surpresa até chegarmos nele”