Durante a pandemia tivemos muitas mudanças na nossa rotina de trabalho. Apesar disso, a preocupação com a concentração e qualidade do ambiente das pessoas colaboradoras deve se manter como uma prioridade da empresa. Agora precisamos considerar tanto a realidade do escritório quanto do home office. Cada ambiente tem demandas diferentes para conseguirmos trabalhar o conforto e concentração. As práticas e sentimentos apresentados podem ser refletidos e aplicados tanto na realidade de home office quanto na presencial.


Melhores práticas

  • Quantidade e qualidade de reuniões

Com uma enquete rápida no LinkedIn 34% das pessoas acham que metade ou mais das reuniões poderiam ter sido um e-mail, uma mensagem no Slack, um card no Trello ou uma ligação. Leia mais sobre o assunto no nosso blog.

Sim. "Moro sozinho, tenho um ambiente bem equipado onde não tenho interrupções, desativo todas as notificações do celular e qualquer outra sinal que possa me interromper. A única coisa que tira a minha concentração são as várias reuniões. No meu entendimento o foco deveria ser o objetivo da sprint."
Não. “Tenho reuniões demais, em horários desorganizados e poucos padronizados”
Não. “Ambiente home office com excesso de reuniões via teams, o que não permite que haja concentração.”
Não. “Há muitas reuniões, o que compromete a produtividade e foco para a produção”

Não. “Excesso de reuniões e interrupções exige jornada fora do horário de trabalho para entrega das atividades.”

Sim. "O ambiente sim, o problema são todas as interrupções ao longo do dia e reuniões intermináveis, em volume absurdo. A [Empresa] deveria estabelecer diretrizes sobre número de reuniões diárias e organização de tempo"

  • Separação de ambiente

Ambiente com sala de concentração ou salinha individual para ligações. O modelo de escritório aberto (open office) pode ser um pouco mais barulhento. É necessário pensar na organização dos locais de trabalho.

Sim. “Na minha casa consigo me concentrar, porque moro sozinho. No escritório consigo me concentrar também, mas seria melhor se tivesse mais cabines individuais, para momentos de revisão de relatório ou qualquer outro trabalho que exija mais concentração.”
Sim. "Sim, quase sempre. Quando não permite posso ir para outro local na empresa sem dificuldade."

Sim. "Estou investindo em melhor infraestrutura para meu home office para que eu consiga desempenhar melhor meu papel. O maior problema hoje, é que divido meu espaço com mais pessoas. Em momentos que estou fazendo call e alguém mais está também, acabo tendo que me mover para espaços da casa que não são feitos para o trabalho. como por exemplo a cozinha. Fora isso, acho que está sendo um bom lugar. Gosto do home office."
Não. “Muito barulho pelo fato de todos os setores estarem no mesmo ambiente. Ex: Na hora de fazer um Meet, tenho dificuldade em que o franqueado entenda o que estou falando por conta do barulho.”
Sim. “No administrativo e complicado Mas temos um Local separado. Caso precise"

Não. “Em alguns momentos o escritório compartilhado é extremamente positivo, mas em outros, que há necessidade de concentração apenas uma sala de reuniões acaba sendo pouco para uma equipe grande como a comercial. Em reuniões não temos como ligar os microfones ou ouvir alto pois ficamos reféns da microfonia, gerando um desconforto e até mesmo um bloqueio na interação em reuniões participativas.”

Não. “Por repetidas vezes há conversa paralela nas salas onde precisamos ficar para fácil acesso aos colegas de equipe, e isso atrapalha o raciocínio nas tarefas.”

Não. “Muitas áreas misturadas no mesmo local , falando em assuntos e volumes diferentes muita circulação de pessoas.”
Sim. "Hoje com o modelo home-office percebi que tenho conseguido me concentrar muito mais, sou uma pessoa que se distrai fácil com conversas paralelas e no escritório o barulho acabava me atrapalhando um pouco, em determinados momentos me fazendo ir até a sala do silêncio (acho que esse era o nome) para conseguir focar."


  • Dicas de infraestrutura para concentração 

Fone de ouvido, música para concentração e infraestrutura adequada para ajudar o foco das pessoas colaboradoras.


Sim. "O que mais atrapalha é não ter a mobília de escritório, para ter uma boa ergonomia. Tirando isso, não vejo problemas no home office atual."

Sim. "Sim, tenho todos os equipamentos que preciso para concentrar."

Não. "Em grande parte sim. Porém, preciso falar sobre os grupos do slack que são muitos e muitas vezes tiram a concentração. Além disso, na sede especificamente, as pessoas caminham pelos corredores do mezanino e faz muito barulho. Fora o barulho que vinha debaixo e tirava a concentração. Sugestão: quando voltarmos, colocar vidro. Hoje, meu ambiente também não tem concentração total pois moro numa região um pouco barulhenta, sempre tem obras acontecendo, carros de som e etc. Me viro com a musica no fone bem alta pra conseguir me concentrar, da mesma forma que fazia na sede."

Sim. "No meu caso, o fone de ouvido/música resolve tudo."

Sim. "sim, cadeira confortável e o fone me ajudam bastante a manter o foco"

Sim. “Sim, já que estamos home office. E a [Empresa] sempre se preocupa em saber se estamos "confortáveis", se esta tudo ok com nosso ambiente de trabalho em casa."
Sim. "Sim , quando estou de home office. Mas quando estou na empresa, preciso estar com o fone de ouvido, para concentrar no que estou fazendo. Contudo, o ambiente não é barulhento tento que eu gosto das interações que a equipe tem, em certo momentos."
Sim. "Atualmente em home office consigo ter a estrutura e ambientes necessários para desempenhar minhas funções, inclusive a parte de estrutura como cadeira, monitor, teclado e mouse foi de investimento próprio. E antes somente com a tela do note, eu não conseguia me concentrar direito, pois minha vista ficava irritada e embaçada. Fui em 2 oftalmologistas e  não preicso de óculos e não tinha nada com a minha visão."

Não. “Não sem fones de ouvido... rsrsrs. “


  • Utilização de canais de comunicação

Oriente as pessoas colaboradoras sobre comunicação síncrona e assíncrona. Além disso, tenha atenção sobre o volume de informações nos canais de comunicação.


Não. “Diversas plataformas de comunicação enviando notificações constantes. Grupos de Wpp, Telegram e Discord com discussões paralelas, porém mutar  estes canais não é recomendado.”

Não. “Vou considera não, pois muitas vezes estamos concentrado e tem muitos chamadas via teams, as vezes ligando sem a menos perguntar se esta disponível para tal ligação.”

Não. “Recebo mensagens o dia inteiro e tenho uma quantidade gigantesca de reuniões; Sei que  é parte da minha função, mas não consigo ter focus time”

Não. “O maior problema é que as mensagens chegam por todos os lados: whatsapp, workplace, email, ligação. “

Não. "Toda hora marcam a gente em algo no slack, então todo mundo fica marcando o próprio time, o que gera desconcentração em todos da empresa, pois além de já terem marcado, cada pessoa que comenta dá mais um alerta para todos, essa é uma reclamação geral."

Sim. "Na maior parte do tempo sim, porém a empresa deve se estruturar para ajudar, provendo equipamentos de escritório (cadeira, apoio de pé, monitores, etc) para melhorar o desempenho, além disso, é importante que as comunicações sejam majoritariamente assíncronas, levando em conta que as incumbências do dia a dia podem ocasionar momentos fora do PC, (fazer almoço por exemplo) e que tal fato é totalmente natural e não impacta na performance. Em outras palavras, evitar o micro-management por parte de líderes que talvez não estejam tão acostumados com o modelo remoto."

Sim. "o slack tem sido uma ferramenta de alto impacto na minha jornada, pela quantidade de notificações que ele tem enviado (principalmente nos canais todos, gerais, comunicados) que a toda hora disparam um @here."


Sentimentos identificados

  • Variação da qualidade do ambiente de Home Office


Sim. “Em home office tenho total concentração, me adaptei muito melhor do que ao presencial.”

Sim. “trabalho sozinha em casa e consigo me concentrar para o trabalho"

Sim. “Um dos benefícios do home office é termos mais concentração para analise e desenvolvimento das atividades, sem interrupções, isso faz com que a nossa rotina fique mais produtiva.”

Não. “Infelizmente os meus vizinhos não consideram o fato de existir o Home Office”

Não. “Trabalhar em home office não me permite focar diretamente no trabalho, pois pra mim os ambientes se misturam e faz com que seja mais fácil eu perder a concentração no que estou fazendo.”

Não. “Home Office prejudica a concentração, mas o ambiente em escritório é adequado. “

Não. “Home office tem muita distração, o ambiente casa não tem um espaço apropriado”

Sim. "tenho um quarto dedicado ao trabalho, e um ambiente bem silencioso."

Sim. "Sim, hoje aprendemos a trabalhar home office, e todos da casa entendem que precisamos de concentração, mesmo eu tendo uma filha de 5 meses, me sinto muito bem nesse novo formato de trabalho."

Sim. “Sim, em casa tenho bem mais concentração do que antes do escritório!”

Sim. "organizei espaço de trabalho em casa que me permite concentração."

Sim. "Sim, é o suficiente, mas é um desafio. Em casa, se as coisas não estão organizadas, é quase impossível a concentração. Eu tenho uma cachorra também, as vezes a portaria chama por algo..."

Não. "Muito difícil trabalhar em casa com minha gata pulando em mim, minha mãe fazendo barulho, ligando a tv alto...."

  • Adaptação ao Home Office durante a pandemia


Sim. “Eu e minha esposa alugamos um apartamento com 2 quartos, onde foi possível fazer um escritório adequado em um deles para que a gente possa trabalhar da forma correta, com conforto e ergonomia e os equipamentos necessários.”

Não. “Com a adaptação do home nem sempre em casa é possível ter privacidade para desempenhar as atividades”

Não. "Durante o dia ocorrem muitas interrupções por conta da demanda das crianças . Estou fazendo um experimento em horários alternativos e tenho conseguido maior produtividade durante a noite."

Não. "A resposta é depende, pois trabalhar em casa tem momentos mais fáceis e momentos mais difíceis. Para mim o maior problema é o estado mental que tem sido afetada pela quarentena, pois há momentos que são bem difíceis, acredito que o maior problema é não ter a rotina de antes, principalmente a parte de lazer e social."