O ser humano é um ser relacional: a qualidade de suas percepções e interações interferem em como o ambiente é sentido, portanto, no seu clima. No ambiente de trabalho é natural que uma das análises feitas seja sobre a capacidade e nível de entrega das pessoas, este será um fator que poderá contribuir para a sua motivação e engajamento. Em análise quantitativa o mercado apresentou resultado positivo para a pergunta em questão. A partir da análise qualitativa entendemos que as melhores práticas vivenciadas ou desejadas pelas pessoas colaboradoras são:


Melhores práticas


  • Liderança preparada

Gestoras e gestores são peças fundamentais para que seja garantido o resultado esperado pela empresa, entretanto, quando essa liderança apresenta gaps de desenvolvimento, as pessoas colaboradoras acabam deslegitimando essa liderança e questionando se faz sentido “seguir” esse líder. Pensando nisso, a preparação e manutenção de hard e softs skills de liderança é fundamental para o bem estar das equipes.


Sim. "Quando eu olho para meus pares sim, eles estão preparados para o cargo, porém ao voltar o olhar para nosso novo líder, não acredito que ele esteja preparado. Sinto que em muitos pontos falta maturidade e isso faz com que eu não confie nele e conversando com meus pares vi um pouco dessa sensação vindo deles também. Até conversamos que nossa percepção é a de que ele não é nosso líder, e sim nosso chefe. 

Tentei aplicar o feedback porém não sinto que foi efetivo pois ele foi reativo e não me sinto confiante em aplicar novamente pois acredito que sofreria retaliação. Acho que nesse ponto o Radically Candid acaba falhando em ambas as partes." 

Não. “Acredito que pessoas que ocupam cargos mais altos na [Empresa] nem sempre são qualificadas ou possuem perfil para isso. Principalmente quando falamos em gestão de pessoas, fica muito claro que falta preparo.” 

Não. “Não sabem coordenar, a coordenação não tem conhecimentos de todos os setores que coordena. Tudo muito confuso, muito desrespeito com o colaborador.”

Não. “Algumas não na sua plena preparação, e a gestão deveria ser mais ativa nesse acompanhamento a fim de prover o conhecimento necessário para desempenhar a função.” 

Não. “vejo as lideranças com pouca paciência e isso no meu ponto de vista atrapalha no seu desenvolvimento para ocupação do seu cargo.” 

Não. “Essa é a mais fácil. Não. Chefes que não sabem fazer 1:1 (vem com perguntas roteirizadas padrão) e nem querem (parecem achar que é perda de tempo) fazer 1:1, coordenadores que são mais tecnicos do que lideres, e desenvolvedores senior que não tem paciencia pra ensinar, desenvolvedores pleno que mal sabem pesquisar no google ou apoiar os mais novos decentemente.”

Não. “Na gestão infelizmente não, na parte teórica do departamento o entendimento é excelente, mas a gestão de pessoas não atende ao cargo, o home office deixou isso mais evidente, a falta de feedbacks, de reuniões de equipe, de controle nas atividades entregues.” 


  • Atenção ao desenvolvimento, treinamento e atualizações constantes

É importante entender o valor e a importância da capacitação em todas as etapas da jornada da pessoa colaboradora. Um onboarding estruturado ajuda o início das entregas, mas a ausência de continuidade pode significar a diminuição das possíveis melhorias de processos e defasagem em relação ao mercado.


Sim. "Atualmente nem todos os profissionais da empresa estão preparados para os cargos que exercem, seria interessante mais investimentos da empresa em treinamento sobre o [produto] que a empresa trabalha." 

Sim. "Treinamento, incentivo e reconhecimento pela dedicação dos serviços prestados não seria ruim."
Sim. "SIM. Porém não todos. Têm pessoas na equipe que confundem as funções. Falta treinamento adequado. Há pessoas que exercem função de “chefia”, cobram; exigem; e acabam sobressaindo a função de origem. Autoridade exagerada por parte de alguns colaboradores, que possuem cargos inferiores ao de gestão."

Sim. "Com o passar dos anos a equipe do DHO vem nos ajudando com contratações cada vez assertivas e nos munindo de informações e treinamentos para a capacitação das equipes." 

Sim. "Acredito que algumas das pessoas da equipe precisam de treinamentos e de atualização, mas no geral elas estão preparadas sim para os cargos que exercem." 

Sim. "Vejo minha equipe muito capaz e preparada para desempenhar as rotinas do dia a dia. O que talvez falte seja um treinamento mais intensivo com os novatos e um acompanhamento maior. Ainda não me sinto preparada para resolver certas situações, mas busco me esforçar ao máximo para acompanhar os demais." 



  • Cultivo de cultura de parceria e crescimento mútuo

Capacitar e desenvolver pessoas vai além de aplicação de cursos e investimento em formação. O desenvolvimento profissional pode acontecer na riqueza da troca entre os pares e as lideranças da organização.


Sim. "Faço parte de um time altamente qualificado e competente. Todos meus pares estão sempre a disposição para compartilhar aprendizados e apoiar nas dificuldades caso exista." 

Sim. "Meus companheiros de time são muito experientes e tem a pegada de startup que precisa para enfrentar qualquer dificuldade. É muito legal estar em um time assim."
Sim. "É incrível como time estão preparados para o cargo, tanto no quesito conhecimento técnico quanto pessoal. É muito fácil conversar com eles a respeito de problemas, onde todos estão dispostos a explicar e ajudar a resolver as coisas." 

Sim. "Ao meu ver todos da minha equipe estão preparados e têm conhecimento suficiente para exercerem seus cargos. Todos dão o melhor de si e buscam se preparar cada vez mais com o intuito de atingir os objetivos e metas propostas." 



Sentimentos identificados


  • Soft skills que potencializam o desempenho

Sim. "A maioria está sim, e estamos em um ambiente de constante evolução que faz que com que todos tenham que aprender coisas novas e se reinventar. Acho que essa caracteristica, de conseguir aprender e incorporar coisas novas, é muito importante e sinto que meus pares tem isso sim."

Sim. "Eu acredito que cada pessoa está fazendo o melhor que ela pode. Com isso, para mim, o que realmente importa não é o QUANTO os meus pares acertam, mas é COMO eles erram. Se eles estão abertos a ouvir, evoluir, aprender e trabalhar em equipe, eu considero que eles estão preparados."

Sim. "Não conheço profundamente o preparo técnico dos meus colegas. Mas em questão de postura, todos demonstram ter o que é necessário para lidar com os clientes: compreensão, cortesia, comprometimento... enfim, ainda sou novo na empresa, mas até o momento estou convencido de que sim, eles têm o que é necessário."

Sim. "Acredito que preparação trata-se não apenas de formação acadêmica mas também da maneira como você se enxerga naquele cargo e como os insights da equipe podem auxiliar no desenvolvimento pessoal de cada [pessoa]"

Não. “Muitas pessoas precisam de mais treinamento, não apenas técnico, mas sim para possibilitar a ‘pensar fora da caixa’”


  • Gestão de prioridades

Não. “Para o que exigimos aqui na empresa, vejo que algumas não estão. Muitas pessoas não têm auto responsabilidade nem preocupação com as demandas de fato, nao têm comprometimento com resultados e isso influencia na produtividade da empresa e nos projetos q levantamos. Pra mim muitas pessoas teriam que sair ou mudar drasticamente, incluindo gestores”

Não. “Falta desenvolvimento de liderança e gestão de prioridade nos analistas.”

Não. “Falta senso de urgência para resolução de conflitos, o levantamento de risco muitas vezes não possui orientação, visto que é mais vantajoso deixar os outros times se "descabelarem" do que chegar a um denominador comum com os riscos levantados."

Não. “Estamos com problema para definição de prioridades, papéis e responsabilidades. Pessoas em posição de gestão precisam ter conhecimento do esforço que é parar um time de desenvolvimento para fazer uma análise de um "entregavel" que não agrega valor ao usuário final.”


  • Admiração entre os colegas

Sim. "Melhores profissionais com quem trabalhei até hoje! Tecnicamente e como seres humanos mesmo! Pessoas muito capazes, dinâmicas, engajadas, alegres, pau pra toda obra Todos se importam uns com os outros e ninguém solta a mão de ninguém!"

Sim. "Sim, tenho orgulho em dizer que trabalho com um time muito competente, criativo e responsável."

Sim. "Todas as pessoas da minha equipe são excelentes profissionais e estão preparados para os cargos que estão exercendo"

Sim. "Minha equipe é incrível, privilégio imenso fazer parte. Na verdade, todas as meninas são preparadas até para cargos maiores, são muito competentes."

Sim. "Sim! O setor de marketing está cheio de pessoas competentes e qualificadas para administrar as ações e projetos que sempre nos dedicamos a fazer!"
Sim. "SÃO PESSOAS CAPACITADAS E COMPROMETIDAS COM A EMPRESA!"