As pessoas têm uma percepção de que ganham menos do que deveriam. Por isso, a pergunta sobre adequação do salário ao mercado é uma pergunta que tem viés negativo, ou seja, o resultado desta pergunta tende a ser negativo quando comparado ao resultado de outras alavancas de engajamento. 

Super importante ao analisar o resultado da sua empresa ou do seu time, analisar esta pergunta em relação ao mercado. Se o resultado do mercado foi de 62% de sim e a sua empresa foi 70%, ainda que comparativamente a outras perguntas possa ser a que tem o pior resultado na sua empresa/time, neste caso, você está acima e não é um desafio na sua empresa. Outra percepção sobre essa pergunta é que há um senso comum de que salário é uma das principais alavancas para se ter pessoas engajadas. Não é! Essa alavanca está em 33ª posição dentre as alavancas de engajamento inserir link das alavancas de engajamento. 


Melhores práticas identificadas

  • Definição clara de cargos e salários feita com referência no mercado

Empresas que têm uma estrutura clara de cargos e salários e se baseiam em referências do mercado atualizadas para o setor, porte e região, os colaboradores têm uma percepção maior de que há adequação ao mercado.  


Não. "Acredito que o salário não é compatível com o mercado, e que os cargos não são compatíveis com as funções que exercemos (ex.: pleno com as mesmas responsabilidades de um sênior, júnior com função de pleno, etc)."

Não. “Para chegar nessa resposta, levei em consideração a média dos salários para o cargo no glassdoor e uma média de empresas com tamanho parecido.”

Não. "No cargo de Técnico se inicia ganhando R$ 1.870,00 de salário e pode vir a ganhar até R$ 3.415,00. A média salarial para Técnico no Brasil é de R$ 2.500,00." -

Sim. "O salário inicial que me foi oferecido foi bem justo e fiquei muito satisfeito, e acredito que com as políticas e cultura da empresa em algum tempo mais pra frente estaremos tendo novas atualizações nos valores e cargos de acordo com o merecimento." 

  • Ofertar pacote de benefícios atrativo para compor a percepção de investimento no colaborador

A remuneração inclui não apenas o salário mas todos os benefícios e bônus que as pessoas recebem. Há empresas que adotam salários menores mas que têm uma estrutura agressiva de bonificação e que têm benefícios que não são praticados no mercado (auxílio estudo, auxílio home office, assistência médica e odontológica, vale alimentação e refeição acima do mercado, auxílio terapia). Importante que a empresa busque aplicar um pacote de benefícios atrativo e que comunique o total cash que inclui todas essas linhas que compõem a remuneração para que as pessoas tenham uma percepção mais ajustada da remuneração comparado ao mercado.


Sim. "Minha bolsa auxílio de estagiário está compatível com o mercado, além disso tenho benefícios com o cartão Flash que é são úteis para mim também."

Não. "Não acho que o valor esteja ruim, porém com o pacote de benefícios (como bonus. ou participação nos lucros) não acredito que o valor seja muito competitivo."

Sim. “A compatibilidade vem pelo fato de termos a participação na comissão. Apenas o salário bruto é abaixo do que os concorrentes pagam.”

Sim. “O salário seria até compatível, mas comparando as outras empresas do mesmo setor, há ainda poucos benefícios para os funcionários, plano de sáude precário, baixíssimo vale refeição, não há desconto em nenhum tipo de curso de especialização, pouco incentivo.”

Não. “Com relação ao salário fixo da área comercial, o nosso fica abaixo do mercado, porém, a forma de comissionamento [Empresa], uma vez que a meta é batida, fica dentro da média de mercado.”

Sim. “Muito! Nunca imaginei receber tantos benefícios incríveis...Fico surpreso até agora. Mas sim, é compatível com com o mercado e só me motiva a crescer profissionalmente cada vez mais.”

Sim. “Apesar de não ter um dado comprovatório, mas ao meu ver tenho um bom salário.

Me sinto bem remunerado pelos meus serviços prestados, não só pelo salário, mas tembém pelos ótimos benefícios.”

Não. "Embora a remuneração praticada pelo [Empresa] está em processo de revisão e que existem ainda alguns benefícios que serão adicionados à cesta para que ocorra uma equiparação ao mercado, a remuneração que tenho hoje, como especialista de inovação está sim bem abaixo do que outras empresas praticam. Se fizermos uma busca rápida no Google, a média praticada e em torno de 9K mensais." 

  • Transparência das diferenças regionais de cargos e salários

Há empresas que têm os mesmos cargos em diferentes regiões e que comunicam com transparência que há diferenças salariais dado o custo de vida e referência de mercado de cada uma das regiões. Neste ponto será relevante analisar o novo cenário pós pandemia e definir estratégias de pessoas que a empresa aplicará, já que está mais difundida a hipótese de morar em local diferente da sede da empresa, abrindo o leque de oportunidades.


Não. “Se comparado com São Paulo, não. Em Campinas não tenho parâmetro.”

Sim. “E para mim que estou de home Office e fora de São Paulo está até um pouco acima do mercado.”

Não. “Salário muito abaixo da média em São Paulo. É desmotivante.”

Sim. “Para Ribeirão Preto sim, se for uma média nacional comparar com São Paulo, por exemplo, então não é”

Sim. “Pra o  estado onde resido e grau de conhecimento, sim”

Não. "Com a possibilidade de poder trabalhar online, empresas de lugares que pagavam mais (historicamente), passaram a recrutar pessoas de outras localidades. Isso está fazendo com que pessoas migrem de empregos mais facilmente e elevando os salários. Nesse contexto digo que não está compatível no momento, pois eu mesmo recebi ofertas para cargos mais baixos pelo mesmo salário."